sábado, 20 de agosto de 2011

Desatando o nó que você deixou.

E hoje, 01:21 da manhã, e eu escrevo de novo sobre você e esse sentimento que me dominou. Eu estou acabando com a nossa história, antes que ela termine de acabar comigo. Foi o que eu te disse naquela carta, lembra? Só estou cumprindo a minha palavra. Estava na hora de acreditar nos "vou-seguir-em-frente-eu-sou-forte" que sempre dizia na frente do espelho. Porque, no final de tudo, você não ia voltar, porque não era mais tempo de escrever pra você, e não fazia mais sentindo eu sentir tudo isso. Estranho, né? Se passou tanto tempo, e eu ainda estava aqui, te querendo como sempre quis. Mas, é como minha mãe diz: "Você passou todo esse tempo amando a projeção que ele deixou aqui". E talvez seja essa verdade mesmo, eu amava o que você criou e deixou aqui quando foi embora. E todas as noites, quando você tenta vim me assombrar, eu te destruo, eu acabo com você, eu te mato. Quantas vidas você tem, mesmo? Estou, a cada dia dando passos leves, e desatando o nó que me prendeu à você. E estou esperando o dia em que esse nó deixará de existir, e em seu lugar, passará a ter um laço. Te amo, só que agora no passado.

8 comentários:

  1. É isso mesmo que temos que fazer: seguir em frente. Continue assim, sendo forte, acreditando que vai conseguir desatar esse nó. "Te amo, só que agora no passado" tão intenso. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Quanta sensibilidade, Laís! Tão verdadeiro!
    É tão difícil acabar com uma história, as de amor então nem se fala... a gente quer fazer uma saga, mas às vezes tem que ser só versos, uma única poesia. Mas ainda assim é bonito, foi bonito, ainda assim é amor.

    'Te amo, só que agora no passado.'

    Amei!

    um beeijo*

    ResponderExcluir
  3. apertou meu coração esse texto. Lindo. De uma maneira triste. E o trecho ali acima se encaixou ao "tema" do seu "desabafo". Beijos linda.

    ResponderExcluir
  4. Que tenhas sorte na caminhada, que consigas chegar até o fim sem desabar. Se cuida.

    ResponderExcluir
  5. Own *_*
    Que lindo, virei fã do seu blog.
    Gostei da sua sentimentalidade, é muito fofa.
    Estou te seguindo!
    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  6. Essa frase do livro resume todas as historias mal resolvidas.

    ResponderExcluir
  7. "E estou esperando o dia em que esse nó deixará de existir, e em seu lugar, passará a ter um laço." Nó, esse texto me tirou uma lágrima, me deu um aperto no coração... Eu me identifiquei muito com ele... Lindas suas palavras...

    ResponderExcluir

Pior do que uma mulher que fala o que pensa é uma mulher que escreve. (Tati Bernardi)