sábado, 14 de janeiro de 2012

Overdose dele


(...) dentro de mim existe alguma coisa
que espera a sua volta, de repente.
 | Caio F. Abreu |





Às vezes sou tão dele que esqueço de ser minha. 
Outras vezes esqueço que ele foi embora e roubou meu "happy end".
Será que ele tem ideia de como é difícil continuar lutando todos os dias sem ele aqui?
Que a vida é uma droga sem ele?
O meu mundo era tão mais fácil sem ele aqui.
Os sentimentos ficavam organizado, como naquelas gavetas de arquivo sabe? Tudo direitinho, em ordem alfabética. Eu fazia parte dele, já sabia todas as suas regiões, onde cada sentimento estava e onde eu não deveria ir porque era a área de risco. Antes dele, eu fazia parte de um mundo planejado, organizado e perfeito.
E quando ele foi embora eu jurei que encontraria de novo aquele mundo. Mas, tentativas em vão.
Não posso mais fazer parte de um mundo onde ele não esteja.



Na playlist toca: Lana Del Rey - Video Game. 

31 comentários:

  1. Gente,
    Obrigada por tudo, por tudo mesmo.
    Estou muito grata a todos que me acompanham desde sempre, e que meu coração está irradiado de felicidades pelos 300 seguidores.

    Obrigada, obrigada mesmo.

    Love,
    L.

    ResponderExcluir
  2. É difícil ficar sem quem amamos tanto, mais um dia o tempo cura e vida se encarrega de trazer alguém especial de verdade.
    Beijos, ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Esperas, esperas,


    Cansei delas,

    ResponderExcluir
  4. Meu amor eu te digo uma coisa, por mais que a gente canse de esperar, Deus sempre prepara algo melhor pra nós.
    E as vezes nem demora muito.
    beijão ♥

    ResponderExcluir
  5. Que cut!

    Esperas...
    São tão difíceis, mas necessárias.

    Um beijo, Laís!

    =)

    ResponderExcluir
  6. Achei lindo e já me senti assim, perdida. Porque esperar é como estar sem rumo. Mas espero que não me volte a acontecer :)
    xoxo, Sara

    ResponderExcluir
  7. As vezes o estado apaixonado da tanta raiva né? "Bem que ele nunca poderia ter aparecido na minha vida, seria tão fácil assim".
    Bom texto, beijs ;**8

    ResponderExcluir
  8. Ain, eu entendo perfeitamente cada frase, cada palavra do seu texto, entendo muito o que sentes! Esperei por meses a volta de alguém, não conseguia me despreender dele, eram tantas lembranças, tantas coisas nossas!
    "Antes dele, eu fazia parte de um mundo planejado, organizado e perfeito."
    com ele tudo ficou mais lindo, depois que ele foi embora eu quase não suportei! Depois de mto tempo de espera ele voltou, mas nada era como antes, nós dois estavamos diferente, até que ele partiu denovo, e mesmo eu ainda gostando muito dele, resolvi deixar parti ele, e o amor dentro de mim.

    Te entendo muito, fica bem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Lindo, muito lindo! Você passa tanta verdade pra gente, que não vemos uma personagem no texto, vemos a nós, nos reconhecemos. Você sempre nos leva ao seu mundo.
    É impossível habitar aquele mundo de riso fácil sabendo que ele existe, me conhece e não está aqui.
    Mas eu invento um novo, quem sabe até melhor... Inventa também.

    meu beijo!

    ResponderExcluir
  10. linda a tua reflexão, ainda mais com epígrafe do caio e video games da lana.

    :)

    ResponderExcluir
  11. Esperar é um saco, mas é preciso!

    :)
    beijos

    ResponderExcluir
  12. As pessoas vem e vão, apenas isso.
    E a gente tem que seguir em frente, com ou sem elas.

    ;*

    ResponderExcluir
  13. vc espera pq sabe que vai valer a pena, no fim das contas =)

    beijos

    PS: seu blog é uma graça

    ResponderExcluir
  14. nooossa que lindo gente.. mas a demora eh sinal q ta caprichando flor.. isso smp me acalentava qnto começava a ficar desesperada hahaha

    ResponderExcluir
  15. "..e eu bagunçaria tudo de novo, só pra te ter aqui." :D

    Laís querida, sempre tão bom ler tuas palavras.
    Um beijo. ;*

    ResponderExcluir
  16. É preciso ver pelo o que fale a pena lutar, esperar a sua volta, ou segui em frente apos sua partida?!
    Só você é capaz de saber o que é melhor para você.

    ResponderExcluir
  17. Não é porque ele não faz mais parte do seu mundo que você deixou de ser. Entendo sua dor, mas continue vivendo sua vida. Seu mundo. Sempre tem mais espaço para gente interessante. E quem sabe até, para que alguém volte.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  18. NEM é a minha cara!
    Passamdo pra deixar um beijo :)

    ResponderExcluir
  19. Bonito e doído! Amar dói demais, mesmo quando somos correspondidos. Será que sua beleza está justamente nisso?

    Beeijos

    ResponderExcluir
  20. Não precisa tentar ser e sentir como era antes dele. Apenas construa um novo com o que ficou depois dele.

    ResponderExcluir
  21. Nada será como antes. Ainda mais, depois que ele foi embora. A dor permanece, a saudade então... Mas é necessário reconstruir, por mais difícil que seja. Vai tentando aos poucos. Não desista. O amor é lindo, mas não é tudo. Precisa-se de uma base para construí-lo.

    ResponderExcluir
  22. Quando a gente gosta é bem assim mesmo.
    Achei bonito demais! <3

    ResponderExcluir
  23. Ás vezes isso acontece. O jeito é tentar seguir em frente e deixá-lo pra trás...

    ResponderExcluir
  24. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  25. As cicatrizes tem de a sumir. E o tempo nos propõe isso. Lindo Laís. Um beijo!

    ResponderExcluir
  26. Uauuu que texto lindo e triste também.
    É realmente uma situação complicada.
    É difícil seguir em frente mas temos que tentar.

    --- Leituras&Fofuras ---
    http://www.leiturasefofuras.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Belíssimas palavras!Seu blog é muito do fofo! Estou te seguindo ficaria grata se me visitasse e siga se gostar:
    http://fazdecontatxt.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Adorei o texto indente-ficou-me totalmente sei do que falas.
    vou-te seguir.
    Beijos
    podes- me visitar no meu outro blog belezaindecente.wordpress.com ficaria grata

    ResponderExcluir

Pior do que uma mulher que fala o que pensa é uma mulher que escreve. (Tati Bernardi)