quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Quando a mentira se torna verdade.

No meio do bar eu estava com outro e ele com a minha grande ex-amiga que me traiu, aliás, retiro o "grande ex-amiga" e coloco um "grande vadia". Era no meio dos nossos amigos que eu perdi o controle e no auge da minha raiva interrompi aquela beijo nojento que ele dava nela, olhei fundo nos seus olhos e quase pude ler seus pensamentos, disse com toda raiva, gritei de tanto ódio:
- Eu odeio você, sabia? Eu te odeio de verdade.
Num súbito movimento ele pegou nos meus braços e disse:
- Eu sei disso! Eu sei bem disso. É, ainda que você me trate bem, me ligue de madrugada chorando e responda todos os meus emails, eu sei bem que você me odeia, eu sinto isso de você! Mas, só para aumentar seu ódio, eu não te odeio. Muito pelo contrário.
Tumblr_l7s5ojfngw1qzb7b3o1_500_large-1_large
E com lágrimas nos olhos ele me soltou e virou as costas, sem olhar pra trás saiu do bar, me deixou sozinha no meio daquela gente toda, me olhando e me julgando. Fiquei imóvel por um algum tempo que eu não soube identificar e tive a total certeza que minha mentira tinha se tornado uma verdade para ele.
"Você é tudo que eu amei na vida. Nunca vou te esquecer."

12 comentários:

  1. Ou Laís, isso aconteceu com minha irmã, tudo, igualsinho...Vejo que "amigas" são poucas...ou, talvez deviamos ter sempre cuidado, rs
    Belo Texto!
    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir
  2. Nossa que barra, caramba, ja fui traída pela minha irmã.
    Foi uma barra mas soube dar a volta por cima.
    Dói doi mas passa, o problema eh saber lidar com a raiva, eh esta que nos deixa mais tempo ligado em alguém. Se esquecemos e desprezamos acabamos por tirar por completo essa pessoa das nossas vidas.

    Bjs querida!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, obrigada por sua visita. E eu também achei o seu blog muito bonito.

    E sobre o seu texto, que barra em?! Às vezes nem nos damos conta de que aquele que chamamos de amigo nos trai pelas costas. É realmente uma situação difícil.

    Beijos, e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. É sempre difícil essa superação. A gente ama de mais e acaba odiando sem querer. Lute pra ser tu, e não ser alguém que o odeia.

    Flores!

    ResponderExcluir
  5. E no meio disso tudo, ele entrelinhas disse tudo que precisava ser dito, era amor.
    Lindo lindo lindo!

    ResponderExcluir
  6. Mais amor, por favor, você foi capaz de ler entrelinhas e captou a total mensagem desse post.
    Beijos,
    obrigada à todos os comentários, infinitamente me fazem sorrir.

    ResponderExcluir
  7. 'Tem selinho pra ti aqui:
    http://meninaapenas.blogspot.com/2011/02/desculpem-o-atraso-aqui-estao-os.html

    Espero que gostes.
    beijos meus'

    ResponderExcluir
  8. Pessoas assim não merecem serem chamadas de Amigas.
    Mas ele a amava....

    ResponderExcluir
  9. existe tanta coisa nas entrelinhas

    entre o que falamos e o que sentimos

    beeeeeeijo menina

    ResponderExcluir
  10. Apesar de triste, eu AMEI esse texto!
    Quando odiamos uma pessoa significa que nos importamos com ela... Geralmente quando sofremos por alguém e temos orgulho de correr atrás dessa pessoa, acabamos sublimando esse amor com o ódio...

    Beeijos,
    Marcella

    ResponderExcluir
  11. Vire a pagina e seja feliz!
    sem essas "amigas" e esse "amor"

    beijo!

    ResponderExcluir

Pior do que uma mulher que fala o que pensa é uma mulher que escreve. (Tati Bernardi)